PORTES GRATUITOS EM CORREIO REGISTADO PARA PORTUGAL & ILHAS COM ENCOMENDAS SUPERIORES A 50€
  • BIOGRAFIA DO FILME ∙ MARK COUSINS
  • BIOGRAFIA DO FILME ∙ MARK COUSINS

BIOGRAFIA DO FILME ∙ MARK COUSINS

39,65 €  
IVA incluído

BIOGRAFIA DO FILME • Mark Cousins • 2005 Plátano Editora 508 pgs • Tradução Cláudia Ramos & Artur Ramos • Design Jason Godfrey∙ História do Cinema composta por I Capítulo O FILME MUDO: 1. A Técnica do Sobressalto (1895-1903), 2. O Poder Antigo da Narrativa (1903-1918), 3. A Expansão Mundial dos Estilos (1918-1928); II Capítulo O FILME SONORO: 4. Classicismo Japonês e Romance Hollywoodesco (1928-1945), 5. A Devastação da Guerra e Uma Nova Linguagem do Cinema (1945-1952), 6. A Narrativa de Tensão Interior (1953-1959), 7. A Narrativa Como Explosão, 8. Liberdade e Desejo de Renúncia (1969-1979), 9. Mega-Divertimento e Filósofa (1979-1990) III Capítulo O CINEMA DIGITAL: Tudo é Possível (1990-Actualidade) • Inclui Glossário, Bibliografia & Filmografia • www.linhadesombra.com • Linha de Sombra • Cinemateca Portuguesa.

“As novidades técnicas e os cenários espectaculares revolucionaram o cinema.”

Georges Sadoul

"A criatividade é o motor que faz avançar o mundo, tal como A BIOGRAFIA DO CINEMA tão bem o comprova. Sem se entender isto, é impossível ter a noção daquilo que torna o cinema o médium todo-poderoso que é actualmente. Este deveria ser o primeiro livro a ler sobre cinema (...) Neste novo século, e num ponto de viragem na história do cinema, precisamos de noções bem explícitas do que é hoje em dia um século de cinema. Sendo um dos mais argutos e talentosos jovens escritores, Mark Cousins está excelentemente equipado para fazer esta estimulante e fidedigna História do Cinema. Com tantos livros tão especializados sobre o cinema, é empolgante ver como esta A Biografia do Filme consegue abarcar toda a história aliciante do cinema. Recomendo-a vivamente."

David Thompson

“A indústria é merda, o filme é que é grande.”

Lauren Bacall

“Este livro conta-nos uma história: a da arte do cinema. Conta-nos a história de uma forma de arte que começou por ser fotográfica, fundamentalmente muda, foi depois um misterioso jogo de sombras e se transformou num negócio global digital que move milhares de milhões de dólares. Embora os elementos económicos do filme sejam importantes, os leitores vão encontrar nestas páginas poucos dados sobre os custos dos filmes e sobre a maneira como a indústria se organiza para colocar os seus produtos no mercado. Quero escrever um livro mais puro e mais focado na obra do que na indústria. À medida que for avançando o leitor encontrará no seu caminho no seu caminho obras que pode ter não visto e que, se calhar, nunca verá. Não peço desculpa por isso porque não quero escrever a história do cinema que pode ser distorcida pelas leis do mercado. Haverá filmes convencionais descritos nestas páginas mas vão sobretudo aparecer filmes que eu considero como os mais inovadores em qualquer país e em qualquer período. Isto pode ser considerado elitista ou auto-indulgente, mas não acho que seja. O filme é uma das mais acessíveis formas de arte e, por isso, mesmo a obra mais obscura pode ser entendida por qualquer não-especialista inteligente, o que eu presumo que o leitor seja.”

Mark Cousins

×