PORTES GRÁTIS PARA ENCOMENDAS ENVIADAS POR CORREIO EDITORIAL NACIONAL
  • CINEMA QUE FAZ ESCREVER • TEXTOS CRÍTICOS • SERGE DANEY

CINEMA QUE FAZ ESCREVER • TEXTOS CRÍTICOS • SERGE DANEY

20,00 €  
IVA incluído

CINEMA QUE FAZ ESCREVER • TEXTOS CRÍTICOS • Serge Daney • 2015 Angelus Novus 267 pgs • «O que pode o cinema? Um homem velho, um dos grandes cineastas vivos, dá a sua resposta. Talvez nos diga que o cinema é como esse corpo. É preciso que se recomponha, órgão por órgão. Abaixo o storyboard, abaixo o museu. Viva o cinema. » O que pode um coração? Serge Daney, Cahiers du cinéma n. 330, Dezembro 1981 • Organização do volume por Clara Rowland, Francisco Frazão e Susana Nascimento Duarte • Tradução de Joana Frazão e Ana Eliseu • Capa com fotografia de cena do filme FRANCISCA (Manoel De Oliveira, 1981) • PVP 20€ • Linha de Sombra • www.linhadesombra.com • Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema ◼︎

“No desejo, o problema é nunca sabermos o que o outro quer. É este não-saber que faz desejar ainda mais. O que conta na paixão é o que o outro pode, aquilo que ele/ela é capaz. Assinalei, de forma sucinta (mas todo o filme tem a concisão de um teorema), como Francisca partia dos estratagemas do desejo (José Augusto quer anular Camilo fazendo de conta que lhe realiza o desejo) para acabar do lado do forcing da paixão. Entre José Augusto e Francisca há um jogo infinito de e sobretudo indeterminado, um jogo «sem qualidades», um «outro estado», para usar as palavras de Musil. Porque no coração da paixão, como força motriz vazia, há uma incerteza fundamental. A incerteza não é o aleatório (foi esta a maior redescoberta do «cinema moderno»), nem tão pouco é a ignorância ou o desconhecimento (de que os clássicos tão bem falaram). É ainda mais estranho.”


O QUE PODE UM CORAÇÃO? (MANOEL DE OLIVEIRA, FRANCISCA), Serge Daney

×