PORTES GRÁTIS PARA ENCOMENDAS ENVIADAS POR CORREIO EDITORIAL NACIONAL
  • O CINEMA DA POESIA • ROSA MARIA MARTELO

O CINEMA DA POESIA • ROSA MARIA MARTELO

21,00 €  
IVA incluído

O CINEMA DA POESIA • Rosa Maria Martelo • 2012 Sistema Solar | Documenta 299 pgs • Deambulações com Fernando Pessoa; Cesário Verde; Al Berto; Sophia Mello Breyner Andresen; Ruy Belo; Herberto Helder; Manuel Gusmão & etc.• PVP 21€ • Livraria Linha de Sombra • www.linhadesombra.com • Cinemateca Portuguesa◼︎

O filme projecta-se em nós, os projectores.

Herberto Helder

"O texto em que Herberto Helder mais claramente celebra a sala de cinema não faz parte da sua obra poética nem está incluído em PHOTOMATON & VOX, apesar de este livro difícil de definir dedicar várias páginas ao confronto da poesia com o cinema e à decomposição dos processos de contaminação entre as duas artes. Tal como os fragmentos de PHOTOMATON & VOX nos quais esta questão está presente, também o texto a que me refiro combina um tom intensamente poético com uma perspectiva crítica da poesia e do cinema, mas foi publicado esparsamente na revista RELÂMPAGO, sob o título «Cinemas». Um título que, pelo uso plural, logo anuncia a grande cumplicidade que HH irá observar entre as duas artes, aproximadas em função da mesma «atenção ardente» no tratamento das imagens. No entanto, talvez esse plural evoque também um conceito mais lato de cinema, concebido a partir de uma ideia de imagem que a faz, como em Deleuze, um equivalente da matéria, do tempo e do movimento. Muito do que é dito em «Cinemas» retoma considerações sobre a imagem e a montagem cinematográfica já antes desenvolvidas em certos textos de PHOTOMATON & VOX, particularmente em «memória, montagem», fragmento que inicialmente tinha funcionado como texto de abertura do livro COBRA (1977), no qual o diálogo com o cinema. Porém, «Cinemas» tem algumas especificidades, e uma delas - aquela que interessa destacar aqui - consiste no facto de o seu ponto de partida ser a experiência vivida pelo espectador nas salas de cinema.”

NA SALA ESCURA, Rosa M. Martelo

×