PORTES GRÁTIS PARA ENCOMENDAS ENVIADAS POR CORREIO EDITORIAL NACIONAL
  • O OLHO DIVINO • BECKETT E O CINEMA • Tomás Maia

O OLHO DIVINO • BECKETT E O CINEMA • Tomás Maia

14,00 €  
IVA incluído

O OLHO DIVINO • BECKETT E O CINEMA • Tomás Maia • 2016 Sistema Solar - Documenta 134 pgs • Ensaio de Tomás Maia seguido de FILME, de Samuel Beckett • Tradução do argumento por André Maranha & Tomás Maia • Na capa: Beckett na rodagem de FILME, Nova Iorque, 1964 • Número 12 da colecção Linhas de Fuga da Documenta • PVP 14€ • Livraria Linha de Sombra • www.linhadesombra.com • Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema ◼︎

“Qual é o rasto desta genealogia em FILME? Desde a sua entrada no quarto, o protagonista suprime ou esconde uma após outra todas as fontes de percepção. Oculta a janela e o espelho, expulsa os animais, despedaça o poster de uma divindade, cobre a gaiola do papagaio e o aquário do peixe dourado. De permeio, atenta na cadeira de baloiço cujo encosto para a cabeça é encimado por dois orifícios esculpidos que se aparentam a «dois olhos luminescentes». Por fim, já sentado, abre um filme dentro do filme, ou põe definitivamente FILME num abismo (visual): retira sete fotografias de uma capa (cuja abertura é, ela mesma, composta por dois círculos...), examinando e destruindo sucessivamente os fotogramas mais memoráveis da sua vida. Um filme com sete imagens, desde a primeira infância até à velhice actual do protagonista.”

Fera ancestral, Tomás Maia

“O filme comporta três partes: a rua (cerca de 8 minutos), a escada (cerca de 5 minutos), o quarto (cerca de 17 minutos).”

Argumento, Samuel Beckett

×