PORTES GRÁTIS PARA ENCOMENDAS ENVIADAS POR CORREIO EDITORIAL NACIONAL
  • PERSISTÊNCIA DA OBRA I • ARTE E POLÍTICA • TOMÁS MAIA (ORG.)

PERSISTÊNCIA DA OBRA I • ARTE E POLÍTICA • TOMÁS MAIA (ORG.)

18,00 €  
IVA incluído

PERSISTÊNCIA DA OBRA I • ARTE E POLÍTICA • Organização de Tomás Maia • 2020 Sistema Solar 276 pgs • Textos de Tomás Maia, Boyan Manchev, Silvina Rodrigues Lopes, Jean-Luc Nancy, Federico Ferrari & Isabel Sabino • Esta edição, ampliada com um texto inédito e em versão bilíngue de todos os textos, retoma a versão publicada na Assírio & Alvim em Novembro de 2011 • PVP 18€ • Livraria Linha de Sombra • www.linhadesombra.com • Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema ◼︎

“Consistindo a condição humana na irrredutibilidade do homem ao económico (trabalho e prazer), é aí que assentam tanto a arte como a política, sendo aquilo que a primeira inaugura não é por tal instituído, enquanto a segunda só se afirma como instituir, respondendo à exigência de encontrar formas justas do viver-em-comum, não subordinadas a um fundamento e não reguladas por leis definitivas, as quais cerceariam as potencialidades do viver-em-comum constituindo-o como comunidade fechada. Daí que haja necessariamente relação entre política e arte, como entre a política e tudo o resto, mas essa relação, ao contrário do que se pretende quando se considera que tudo é, num certo grau, político, não só não é determinável como não pode servir de pretexto para limitar a arte, uma vez que limitá-la é anulá-la.”

Precedências desajustadas, Silvina Rodrigues Lopes

×