PORTES GRÁTIS PARA ENCOMENDAS ENVIADAS POR CORREIO EDITORIAL NACIONAL
  • TEXTINHOS, INTRÓITOS & ETC • VITOR SILVA TAVARES

TEXTINHOS, INTRÓITOS & ETC • VITOR SILVA TAVARES

22,00 €  
IVA incluído

TEXTINHOS, INTRÓITOS & ETC • VITOR SILVA TAVARES • 2017 Pianola Editores 500 pgs • Edição de Maria Pinto dos Santos, Olímpio Ferreira, Miguel Pereira, Rui Miguel Ribeiro & Luís Henriques • Paginação & Capa de Luís Henriques • Fotografia de Manuel Brito • Impressão da Sobrecapa por O Homem do Saco • PVP 22€ • Linha de Sombra • www.linhadesombra.com • Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema ◼︎

João César Monteiro, “este «Lord das Escócias d’outras eras» nosso contemporâneo, forçado a Nosferatu pela pestilência do tempo e do lugar, tornou público um ser endemoninhado, sarcástico, inconveniente até à insuportabilidade. Não poucos foram «vítimas» das sua fúrias incontroladas, das suas telhudas exigências, da violência das suas objurgatórias. Assim fardado (ocultando pois o Pierrot lunar), não é de admirar que o João César Monteiro fosse temido e, pior, odiado. Ele, que em tempos se diagnosticava «não sou uma natureza agressiva, antes pelo contrário» (in A Minha Certidão), apesar de ter pretendido estilhaçar uma garrafa de tinto na moleirinha do Cunha Telles por este o ter chamado oportunista, ressentia-se fundo - e devolvia a parada com juros. A quem o julgou derrotado, ou afim domesticado, após o som e a fúria da borrasca BRANCA DE NEVE, respondeu com o script mais soberbo, mais feroz, de toda a lusa cinematografia - VAI E VEM - e, como num imenso adeus quiçá premonitório, com o seu filme mais hierático, mais conciso e contido, mais cristalino do seu cânone de rigor obstinado.”

Notas para a recordação do meu amigo joão, 2005, Vitor Silva Tavares

×